Festival LANTAVA leva arte e cultura a público de todas as idades no suco de Com

Evento multicultural conta com grande apoio da comunidade local/Foto: Instagram (lantavafestival)

Evento realizado anualmente, no município de Lautém, chega à sua 5ª edição e reúne mais de 30 artistas durante três dias. Além de concertos, apresentação de danças e declamação de poesia, serão realizadas oficinas de pintura, música e empreendedorismo. A entrada é gratuita.

Nos próximos dias 27, 28 e 29, o suco de Com, no município de Lautém, será o lugar de muita arte, cultura e diversão para toda a família, com a 5ª edição do festival LANTAVA (reunião de amigos, em português). O evento, de entrada gratuita, reunirá mais de 30 artistas e prevê concertos dos mais variados géneros, declamação de poesia e apresentação de danças. Os organizadores esperam reunir milhares de pessoas, tal como nas edições anteriores. O festival acontece na sede do suco e conta com uma área de campismo.

Para além de entreter, a iniciativa também pretende formar, através da realização de oficinas de pintura, música e empreendedorismo.

O coordenador geral do evento, Lúcio Bernardino Lopes, explica que o objetivo principal do festival é estimular e promover o talento e a criatividade dos jovens. “Muitos deles vivem nas montanhas e têm várias habilidades. No entanto, ainda não têm um espaço apropriado e oportunidades para as exibir”, argumentou.

Declamação de poesia/Foto: Festival LANTAVA

Lúcio Bernardino considera que o festival possibilita a interação e troca de experiências entre os artistas aspirantes e os já profissionais. “Os nossos músicos seniores, como Etson Caminha, Otopsi e o grupo Arte Moris vão dar formações aos jovens que se querem dedicar ao mundo artístico”. Acrescentou ainda que a arte tem um papel essencial para aperfeiçoamento do espírito crítico e do caráter das pessoas, contribuindo, assim, para o desenvolvimento pessoal e do país. Os concertos estão previstos terem início a partir das 19h.

Para a realização do festival, Lúcio Bernardino destaca a solidariedade da comunidade. “Contamos muito com a contribuição dos habitantes locais, principalmente de jovens, cujo entusiasmo é indescritível”. Neste sentido, a organização pretende tornar o movimento itinerante, em tétum, lemorai (de um lugar para o outro).

Promover a potencialidade turística da região é outro propósito do evento.  “Foho Paichau, Iralalaro, Parque de Nino Konis Santana, Com são alguns sítios turísticos que devem ser divulgados”, disse.

blank
Apresentação de danças/Foto: Festival LANTAVA

Questionado sobre as dificuldades, o coordenador referiu que as principais têm relação, sobretudo, com a falta de dinheiro. “Temos o apoio da comunidade de Lautém e da Fundação Oriente. Já reunimos com autoridades do Governo, que prometeram contribuir, mas até agora ainda não recebemos nenhum auxílio”, afirmou.

Neste sentido, recomenda que o festival integre o programa governamental, de modo a garantir a alocação de uma fatia do Orçamento Geral do Estado (OGE). “Desta forma, poderemos chegar a outros municípios”, sublinhou Lúcio Bernardino.

Dedy Cabral, vocalista da banda KHABALA, participante desde a 1.ª edição, afirmou que fazer parte do evento é um privilégio para o grupo. “Para além de entretermos o público, também aprendemos com os músicos mais experientes”, afirmou.

O vocalista salientou ainda os frutos que advêm do LANTAVA. “Começaram a surgir novos grupos em Lospalos, incentivados pelos artistas intervenientes”, disse. A banda de Edy Cabral, criada em 2019, é uma delas.

Sarmento Cruz, jovem de Com, agradeceu à organização por ter escolhido o seu suco para a realização do festival. “Os jovens, pais, avós e as crianças estão com sede de arte e divertimento”, resumiu.

A primeira e segunda edições do festival aconteceram no posto administrativo de Lospalos Vila; a terceira teve lugar na aldeia Assalaino e a quarta na aldeia Malahara – todos fazem parte do município de Lautém.

Array

Ver os comentários para o artigo

Comente ou sugira uma correção

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos ajudar?