Comandante da Polícia Militar ameaça expulsar elementos que publicarem vídeos no Tik Tok com a farda

O tenente Lourenço Cabral diz que as F-FDTL têm de ter militares “fortes e duros” e o Tik Tok “pode deixar as pessoas moles”/Foto: Fundação Mahein

O Comandante-Operacional da Polícia Militar, Lourenço Cabral, acredita que a rede social Tik Tok pode prejudicar a missão das F-FDTL e afirma que as Forças de Defesa têm de estar atentas e trabalhar para garantir uma “mentalidade forte”.

Depois de tomar conhecimento de que elementos das FALINTIL-Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) haviam publicado vídeos no Tik Tok, onde aparecem a usar o uniforme militar, o tenente Lourenço José Cabral, Comandante-Operacional da Polícia Militar, condenou a atitude e ameaçou expulsar quem não cumprir as orientações.

Tik Tok é uma rede social que permite publicar vídeos curtos com coreografiaspredefinidas. Por norma, os utilizadores filmam-se a dançar ao som das músicas sugeridas pela aplicação.

Os militares publicaram os materiais há um mês, porém o tenente manifestou-se apenas no último domingo (20.08).

 

Em entrevista ao Diligente, o Comandante enfatizou que “militares timorenses não podem, de jeito nenhum,” aparecer na referida rede social com farda, porque os regulamentos militares não o permitem. “As FALINTIL deram a vida pelo país. Hoje somos as F-FDTL e, por isso, estas fardas são sagradas, devemos respeitá-las”.

As fardas devem ser usadas apenas em serviço. Se não estiverem em serviço, podem usá-la em cerimónias oficiais, se assim alguém o exigir, argumentou Lourenço Cabral.

Acrescentou ainda que o Chefe de Estado-Major-General das F-FDTL, no ano passado, já emitiu um despacho que regula o uso de redes sociais pelos militares, proibindo situações como os episódios recentes.

Sobre a hipótese de os membros da instituição utilizarem redes sociais nos momentos livres, em que não estão de serviço e sem fardas, o Comandante respondeu que não há problema, com a ressalva de que os militares “devem controlar as palavras quando falam, porque isso poderá pôr em causa o bom nome das F-FDTL”.

O tenente informou que, depois do recrutamento, na formação, os soldados foram informados relativamente às restrições quanto ao uso das redes sociais.

A autoridade destacou ainda que o Tik Tok pode “estragar a mentalidade das Forças” e considera que as F-FDTL “têm de ser fortes e agir com rigor”, ao passo que a rede social “pode deixar as pessoas moles”. “Quando vejo as pessoas a fazer Tik Tok, até fico tonto”, observou.

Lourenço Cabral alertou que, após a primeira chamada de atenção, se o caso se repetir, vão ser tomadas medidas mais severas, que podem levar à cessação compulsiva de contrato e regresso à vida civil.

O Diligente tentou conversar com alguns dos membros das F-FDTL, que se recusaram a prestar declarações.

Do lado civil, Paulo Negro, jovem de 27 anos, não vê qualquer problema nos militares que fazem vídeos para o Tik Tok, “desde que isso não contrarie os regulamentos estabelecidos pelas F-FDTL”. O jovem evoca o facto de estarem a fazer uso da sua liberdade de expressão.

Paulo defende a formação e capacitação das F-FDTL. “Uma instituição como as F-FDTL precisa de garantir formação política e ideológica ao seu efetivo, para que cada um conheça os seus papéis e regras de conduta”, disse.

Por sua vez, Geovánio da Rosa, 28 anos, funcionário do Ministério da Defesa, concorda com o Comandante. O funcionário afirma que a norma emitida a respeito da conduta militar nas redes sociais deve ser cumprida por todos. Geovánio ressalta o facto de as Forças Armadas serem uma instituição estatal e que, como tal, se devem reger com base numa disciplina e ética rigorosas.

“Os militares têm responsabilidades na defesa do Estado. Deste modo, atitudes que não refletem a ética da instituição vão trazer a público uma nova perspetiva sobre a imagem profissional das F-FDTL. Nós consideramos os militares do país um símbolo que representa o Estado, com a missão de salvaguardar o território de ameaças”, concluiu.

Array

Comente ou sugira uma correção

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos ajudar?